Literatura Fantástica



Este é um recanto onde podemos nos aventurar pelos caminhos da literatura de fantasia. Fale de seus livros prediletos, divulgue seus textos, divida notícias e fique sabendo sobre uma série de promoções. Se você gosta de uma boa história de ficção, este é o seu lugar!

Registre-se e se junte a nossa comunidade!

Tudo o que você precisa saber sobre literatura de fantasia. Muitas notícias, discussões e promoções. Participe!


    A questão da literatura de fantasia no cenário nacional

    avatar
    Leonardo Schabbach
    Admin

    Mensagens : 879
    Data de inscrição : 20/02/2010
    Idade : 32
    Localização : Rio de Janeiro

    A questão da literatura de fantasia no cenário nacional Empty A questão da literatura de fantasia no cenário nacional

    Mensagem por Leonardo Schabbach em Seg Fev 22, 2010 3:58 pm

    Como uma postagem de abertura deste projeto (e agora fórum), quero falar um pouco sobre a chamada Literatura de Fantasia. Infelizmente, por uma série de razões, a crítica não valoriza o autor nacional que embarca neste gênero, o que desestimula as editoras a publicar autores de fantasia brasileiros, uma vez que tais publicações trariam pouco reconhecimento. Além disso, há ainda o aspecto comercial. Para os editores é muito mais fácil e seguro apostar em um escritor já reconhecido internacionalmente na hora de lançar um livro; as chances de haver lucro em uma publicação como essa são muito maiores do que apostar em um autor nacional e desconhecido.

    Neste cenário, nós, amantes deste tipo de literatura, ficamos limitados a uma gama muito pequena de livros. Afinal, só serão importados para o Brasil aquelas obras que alcançarem um sucesso absurdo no exterior, algo que não é tão fácil assim de acontecer. Por isso, talvez a internet seja um local ideal para se dividir e comtemplar a produção literária nacional do gênero. Grande parte dos amantes da literatura de fantasia utilizam a internet e procuram nos meios virtuais novas obras que possam satisfazer a sua curiosidade e a sua vontade de conhecer e experienciar novas histórias.

    Faço neste texto, portanto, uma defesa deste tipo de literatura, pois foi com ela que eu - e garanto que muitos outros - aprendi a gostar de ler. Por mais que os críticos possam desmerecer o gênero, não há como negar a sua capacidade de seduzir e de mostrar para as pessoas que a leitura também pode ser uma atividade prazeirosa. Nem sempre é preciso se envolver com livros de grande crítica ou complexidade. Às vezes uma leitura de entetenimento é necessária; não só para aliviar as tensões do dia-a-dia como também para formar novos leitores, para mostrar às pessoas o fabuloso mundo da literatura.

    E não se esqueça de acompanhar o nosso projeto.


    _________________
    Confira o Na Ponta dos Lápis: meu blog com tudo sobre literatura.

    E leia também o projeto O Legado, uma história de fantasia.
    Luizdreamhope
    Luizdreamhope

    Mensagens : 106
    Data de inscrição : 22/02/2010
    Idade : 29
    Localização : Rio de Janeiro

    A questão da literatura de fantasia no cenário nacional Empty Re: A questão da literatura de fantasia no cenário nacional

    Mensagem por Luizdreamhope em Dom Fev 28, 2010 11:02 am

    É complicado tratar do gênero Fantasia no Brasil, ou até mesmo qualquer outro. Quando se fala em livros, os best-sellers ficam na ponta da língua.

    Acho que em parte, a culpa são das escolas que não incentivam este tipo de leitura. NUNCA peguei um livro paradidático que fosse de Fantasia tirando um dos Cavaleiros da Távola Redonda na 5º série. São sempre livros com questões sociais, e as de Fantasia, são deixados de lado como se não acrescentasse nada a pessoa. No ensino médio, somos encharcados de livros da literatura de brasileira que apresentam um tipo de linguagem mais rebuscada e inverossímil com a nossa época. O resultado é que um bando de gente sai correndo pensando que livros são bichos esquisitos.

    Custa jogar um livro de fantasia de um escritor nacional? Acho que não, mas quem liga?

    E concordo que a internet é mesmo a melhor ferramenta para o escritor conseguir algum reconhecimento, pois fora da internet nunca ouvi falar de qualquer escritor nacional de fantasia. A desvantagem é se ter um público limitado. Mas é importante que esse publico limitado de internautas divulgue estes escritores, pois só assim eles começarão a ter reconhecimento.
    Hyouchi
    Hyouchi

    Mensagens : 6
    Data de inscrição : 25/02/2010
    Idade : 27
    Localização : Rio de Janeiro

    A questão da literatura de fantasia no cenário nacional Empty Re: A questão da literatura de fantasia no cenário nacional

    Mensagem por Hyouchi em Dom Fev 28, 2010 12:22 pm

    Realmente são poucos os escritores nacionais que ficam conhecidos com obras de fantasias. E ainda os que o fazem, não alcançam um "status" muito alto. Concordo com o Luiz na citação de que a escola incentiva muito pouco esse tipo de leitura. Cá entre nós, embora história seja algo legal, aqueles livros didáticos são um porre. Pelo menos eu acho.

    E o que falar, no ensino médio, dos de literatura? Pra ser sincero, eu não gostava nem um pouco dessa matéria na escola. É Camões, é Machado de Assis, é Clarice Linspector... particularmente, acho que "para se iniciar", livros destes autores não são uma boa pedida. Excetuando-se a última só um pouquinho. [?]

    Eu mesmo só fui gostar de ler, ler, com Deltora Quest. Foram ótimos livros que despertaram meu gosto pela literatura de fantasia. Ele foge do assunto principal, já que não é nacional, mas enfim. Aqui no Brasil, além de ter o pouco incentivo das editoras, como o Leonardo disse, ainda tem a "impressão do povo", que está interligada com o primeiro fator. Entre uma variedade de livros de fantasia estrangeira publicados, e alguns livros de fantasia nacional, uma pessoa, digamos, "menos interessada", escolheria qual?

    Um exemplo são os livros do escritor André Vianco. Com toda essa modinha, nhé, nhé, nhé sobre vampiros, os livros dele sobre o tema se tornam menos do que uma terceira opção para os seguidores da moda. O André Vianco conseguiu se sair bem e publicar seus livros de fantasia nacional, porém garanto que seu nome não é muito conhecido aí pelo Brasil. DD:
    avatar
    Leonardo Schabbach
    Admin

    Mensagens : 879
    Data de inscrição : 20/02/2010
    Idade : 32
    Localização : Rio de Janeiro

    A questão da literatura de fantasia no cenário nacional Empty Re: A questão da literatura de fantasia no cenário nacional

    Mensagem por Leonardo Schabbach em Dom Fev 28, 2010 3:13 pm

    Eu concordo, acho muito errada a forma como tratam a literatura nas escolas. Em vez de torná-la um prazer para o jovem ou criança ler, tornam uma obrigação, algo chato mesmo. É um absurdo achar que alguém na oitava série deva ser obrigado a ler um livro complexo e cheio de citações filosóficas como "Memórias Póstumas de Brás Cubas". No meu colégio, felizmente, havia projetinhos de troca de livro e tudo mais em que tinham muitos livros bons para ser ler. Inclusive, o segundo livro do Harry Potter eu li numa dessas trocas, além de muitos de contos policiais. Ai fui pegando gosto. Depois, fui me encaminhando para os autores mais consagrados e tla conforme fui ficando mais velho e preparado.

    O Felipe Pan aqui do fórum falou que o livro dele, de fantasia nacional, foi escolhido por uma escola como material didático parece. Seria interessante se ele pudesse falar mais sobre isso! =)

    editado: E sobre o André Vianco. Ele não é tão conhecido e comentado, não está tanto na mídia, mas seus livros vendem muito cara. O primeiro livro, acho que é o primeiro livro, Os Sete, já vendeu mais de 55 mil cópias, o que é algo fenomenal, infelizmente, no país, ainda mais para um autor nacional. E o livro continua vendendo. Além disso, a tiragem inicial dos novos livros dele são de 15 mil exemplares (em vez dos 3 mil normalmente feitos no Brasil - isso quando a editora é uma gigante como a Record). Ou seja, ele tem tiragem inicial igual aos livros best-sellers da Sextante de autores de fora, que é de 15 mil também. Enfim, ele é um raro caso de muito sucesso. Mas, claro, ainda assim, não vende como um Harry Potter e não vemos o merchandising em cima dos livros dele que os autores de fora tem. Ele parece vender no boca a boca mesmo, o que é bem legal A questão da literatura de fantasia no cenário nacional Icon_smile


    _________________
    Confira o Na Ponta dos Lápis: meu blog com tudo sobre literatura.

    E leia também o projeto O Legado, uma história de fantasia.
    Matheus Pesadelo
    Matheus Pesadelo

    Mensagens : 8
    Data de inscrição : 24/02/2010
    Localização : Aracaju, Se

    A questão da literatura de fantasia no cenário nacional Empty Re: A questão da literatura de fantasia no cenário nacional

    Mensagem por Matheus Pesadelo em Dom Fev 28, 2010 9:57 pm

    O Brasileiro é movido a ter preconceito pelo próprio brasileiro.

    é por isso que não temos filmes de terror nacionais. Nem escritores fantásticos de sucesso no brasil.

    Ainda sim eu continuo com meu blog e espero um dia ainda fazer suscesso como escritor, apesar de até hoje não dar bola para português correto nos detalhes. e para quem quiser explico porque.


    Quanto ao Vianco, não resta duvidas que ele é maximo que qualquer escritor nacional de historias fantásticas alcançou. O que é o que nos escritores de fantasia queremos alcançar.



    @MatheusBar


    avatar
    Leonardo Schabbach
    Admin

    Mensagens : 879
    Data de inscrição : 20/02/2010
    Idade : 32
    Localização : Rio de Janeiro

    A questão da literatura de fantasia no cenário nacional Empty Re: A questão da literatura de fantasia no cenário nacional

    Mensagem por Leonardo Schabbach em Dom Fev 28, 2010 11:11 pm

    Pq não dá importância ao português correto? Sinceramente, não vejo lógica, fiquei curioso.


    _________________
    Confira o Na Ponta dos Lápis: meu blog com tudo sobre literatura.

    E leia também o projeto O Legado, uma história de fantasia.
    Sherlock
    Sherlock

    Mensagens : 44
    Data de inscrição : 22/02/2010
    Idade : 32
    Localização : Encantado - RS

    A questão da literatura de fantasia no cenário nacional Empty Re: A questão da literatura de fantasia no cenário nacional

    Mensagem por Sherlock em Seg Mar 01, 2010 2:24 am

    Leonardo Schabbach escreveu:Pq não dá importância ao português correto? Sinceramente, não vejo lógica, fiquei curioso.
    ²

    Concordo totalmente com as palavras do Leonardo, sem dúvidas é mais fácil para as editoras apostarem em escritores de renome internacional. Mas discordo do Hyouchi, podemos fazer uma pequena enquete entre leitores que leem digamos 1 livro por mês, colocando quatro escritores, perguntando quais desses escritores eles conhecem..

    1) L.J. Smith
    2) P.C. Cast
    3) Meg Cabot
    4) André Vianco

    Qual resultado você acha que vai sair? Na minha opinião o André Vianco não vai ficar por último aí não, e olha que L.J. Smith tem um seriado baseado nos livros dela, P.C. Cast tá vendendo muito aqui no Brasil, e Meg Cabot não é apenas conhecida no mundo vampirico. Fugi um pouco do tópico proposto, mas pra deixar claro que nessa área (vampiros), o André Vianco não perde pra escritores internacionais não.. no máximo pra uma tal de Stephenie Meyer.

    Isso podemos ver refletidos até em comunidades no Orkut dedicados aos escritores.

    A questão da literatura de fantasia no cenário nacional Icon_cool


    _________________
    Sobre Livros -> Site com lançamentos, notícia do mundo dos livros, jogos literários, etc.
    Fórum Sobre Livros -> Fórum sobre livros em geral...
    Luizdreamhope
    Luizdreamhope

    Mensagens : 106
    Data de inscrição : 22/02/2010
    Idade : 29
    Localização : Rio de Janeiro

    A questão da literatura de fantasia no cenário nacional Empty Re: A questão da literatura de fantasia no cenário nacional

    Mensagem por Luizdreamhope em Seg Mar 01, 2010 11:38 am

    O Felipe Pan aqui do fórum falou que o livro dele, de fantasia nacional,
    foi escolhido por uma escola como material didático parece. Seria
    interessante se ele pudesse falar mais sobre isso!

    Ainda falando sobre Rede de Sonhos, estou lendo e adorando. É um livro que qualquer estudante poderia ler, pois tem uma linguagem objetiva suave, além de mesclar a fantasia com a realidade da maioria dos adolescentes. Aí enquanto lia me veio na cabeça. "Por que eles não passam este tipo de livro como leitura obrigatória?" A narrativa é convidativa até mesmo para quem não tem o hábito de ler. Uma leitura perfeita para o Ensino Médio e até mesmo para o Fundamental. Só tive um livro no Ensino Médio de romance policial "O corpo morto de Deus". Bem legal o livro por sinal, mas se comparado aos clássicos da literatura, excetuando-se alguns que são bem legais, preferiria mil vezes o tal livro policial.

    Sherlock, quanto a sua enquete, eu colocaria André Vianco em primeiro, e nunca li um livro dele. Não sou chegado a livros de vampiros, apesar de ficar pau da vida com alguns aí cheios de purpurina. Se tivesse que escolher entre Crepúsculo ou qualquer um do André a reposta seria muito óbvia se quisesse preservar a imagem destes seres. Mas conheço o André, pois vejo muitas resenhas dele na internet, agora fora, eu perguntaria "Quem é esse cara?". Mas não sabia que ele vendia tanto assim. É realmente de se orgulhar. Mas torço para que muitos outros alcançem este auge também. E digo que não é impossível. Pode demorar um pouco, mas o gênero de Fantasia nacional vai ganhando espaço bem lentamente aqui no Brasil.
    avatar
    Felipe Pan

    Mensagens : 4
    Data de inscrição : 23/02/2010

    A questão da literatura de fantasia no cenário nacional Empty Re: A questão da literatura de fantasia no cenário nacional

    Mensagem por Felipe Pan em Sex Mar 05, 2010 12:02 pm

    Que bom que está gostando do livro, Luizdreamhope! Fico muito contente com isso! Quando terminar, se tiver um tempinho, vou querer saber o que achou em detalhes, ok?

    Bom, a questão da iniciação literária nas escolas é um assunto realmente complicado, principalmente quando os adolescentes atingem o ensino médio. Infelizmente nosso sistema educacional não leva em questão a maturidade dos jovens e a baixa popularidade que a leitura tem enquanto atividade de lazer, o que obriga a galera a ler obras extremamente complexas e simbólicas, cujo público-alvo nunca envolveu adolescentes de tal faixa etária. Essa é a maior razão pela qual tanta gente não gosta de ler (mesmo que isso tenha mudado um pouco nesta era pós-Harry Potter).

    Como o Leonardo colocou, tive a felicidade de fazer um projeto relativo à Rede de Sonhos em parceria com duas escolas particulares da cidade onde moro e, para minha surpresa, o projeto foi um sucesso. Antes de as instituições despejarem o livro em cima dos alunos, pedi para conversar com os jovens e apresentar a temática do livro para eles de um modo bem informal, tentando relacionar as aventuras de Arthur com o cotidiano deles, além de introduzir a fantasia presente na obra. Assim que terminamos nosso bate-papo e eles tinham a obra em mãos, vi vários deles sentados no pátio da escola com o livro aberto, entrando no mundo da literatura com gosto. Aquilo me deixou realmente emocionado e percebi naquela hora que é isso que eu quero fazer - escrever livros que sejam interessantes ao ponto de motivar as pessoas a tornarem a leitura uma atividade divertida.

    Pois bem, posteriormente, soube por uma das professoras responsáveis pelo projeto que os jovens realmente leram o livro na íntegra e, segundo ela, eles disseram estar muito empolgados com ele, como se houvessem descoberto uma nova forma de se divertir. Felizmente, posso dizer que o mesmo está ocorrendo na outra escola que aceitou meu projeto, o que me deixa mais satisfeito ainda. No entanto, nem tudo é um mar de rosas.

    Como já foi muito bem colocado por vocês, o mercado editorial de nosso país é extremamente fechado, principalmente para autores nacionais, ainda mais àqueles que escrevem fantasia. Muita coisa boa não chega às lojas ou acaba sendo ignorada tanto pelo preconceito contra autores nacionais quanto pela falta de escrúpulos das editoras ao tratarem livros apenas como negócios, e não como parte essencial de nossa cultura. Uma grande transformação tem que ocorrer nesse meio para as coisas mudarem, e isso não será fácil. Uma de minhas metas é justamente obter um status que permita à minha voz ter força o suficiente para sacudir as coisas e agitar esse lado cultural das pessoas, mas falo sobre isso em outro momento. Enfim, esse é um tópico que dá muito pano para manga...
    avatar
    Leonardo Schabbach
    Admin

    Mensagens : 879
    Data de inscrição : 20/02/2010
    Idade : 32
    Localização : Rio de Janeiro

    A questão da literatura de fantasia no cenário nacional Empty Re: A questão da literatura de fantasia no cenário nacional

    Mensagem por Leonardo Schabbach em Sex Mar 05, 2010 12:17 pm

    Muito interessante as informações Felipe. E não sabe como fico feliz de ouvir (ler, hehe) que o projeto foi um sucesso. Eu realmente acho que livros deste tipo tinham de ser colocados ao seu público nas escolas. Como disse antes, colocam gente de 14, 15 anos para ler "Memórias Póstumas de Brás Cubas". Isso é um absurdo.

    Fiquei sabendo no meu ex-colégio de um projeto parecido. Só que para o segundo ano, o professor recebeu autorização de trabalhar (antes de lançarem o filme) com Ensaio sobre a cegueira, do Saramago. Já é um livro mais complexo, mas para o público de segundo e terceiro ano bate bem. Foi um grande sucesso também a iniciativa. Acho que a questão dos livros nas escolas tinha que ser repensada mesmo.

    E sobre a questão de nós autores, o problema em relação à literatura de fantasia é ainda maior. Se os autores nacionais já têm problema para publicar e serem vistos, os de fantasia têm ainda mais; algo que, para mim, não faz sentido, uma vez que este é um dos maiores públicos leitores do Brasil. Só as editoras não vêem. A "Novo Século" é uma das poucas exceções.


    _________________
    Confira o Na Ponta dos Lápis: meu blog com tudo sobre literatura.

    E leia também o projeto O Legado, uma história de fantasia.
    avatar
    Jacob Galon

    Mensagens : 7
    Data de inscrição : 05/03/2010

    A questão da literatura de fantasia no cenário nacional Empty Re: A questão da literatura de fantasia no cenário nacional

    Mensagem por Jacob Galon em Sex Mar 05, 2010 1:23 pm

    Não pude ler tudo o que já escreveram, mas sem dúvida todos os fatores que citaram ajudam a compor a resposta para o 'dilema'.

    Eu vejo que a inferiorização da literatura fantástica no Brasil se deu, em grande parte, por conta de uma visão teórica estranha de que "literatura fantástica não é literatura". Essa visão que se tinha acabou influenciando, e muito, na posição das editoras e até mesmo na produção de obras do gênero, que por muito tempo foi quase nada(ou ao menos não chegou aos nossos ouvidos); há alguns contos fantásticos do Moacyr Scliar, que felizmente salvaram a fantasia (o termo talvez seja inapropriado, mas podemos entender) do nada absoluto. E embora a visão esteja mudando, graças ao "ressurgimento" da literatura fantástica como um todo, ainda se discute muito pouco, academicamente, sobre o gênero. Quem fez ou faz um curso de Letras sabe do que estou falando. Quanto de literatura fantástica foi abordado nas aulas? Quantas monografias e teses são produzidas a respeito?

    Tive a felicidade de estudar literatura de língua inglesa com professores que ao menos especializaram-se fora, e por isso a visão deles já era bem diferente. Pude estudar um pouco, inclusive, a discussão teórica que existe sobre literatura fantástica. Mas, infelizmente, ainda não é assim que funciona na maioria dos meios.

    Mas, independente de tudo isso, nós mesmos é que podemos mudar esse cenário. Leitores ou escritores, cabe a nós aproveitar o momento favorável para deslanchar de vez o gênero no qual ainda estamos engatinhando.
    Luizdreamhope
    Luizdreamhope

    Mensagens : 106
    Data de inscrição : 22/02/2010
    Idade : 29
    Localização : Rio de Janeiro

    A questão da literatura de fantasia no cenário nacional Empty Re: A questão da literatura de fantasia no cenário nacional

    Mensagem por Luizdreamhope em Sex Mar 05, 2010 8:02 pm

    Nossa, fico muito feliz também com essa notícia do Felipe. Queria voltar alguns anos e estar nestas escolas. Assim, eu poderia ter entrado no mundo dos livros bem antes de meus 17 anos, que foi quando realmente comecei a tomar gosto pela leitura.

    Me sinto um atrasado, e adivinhem em quem vou colocar parte da culpa? É, nas escolas mesmos, mas especificamente na metodologia que utilizam nas aulas de literatura brasileira. Nada contra os grandes escritores de época que tivemos, o ensino sobre eles permaneceria, isso é óbvio, pois de forma alguma deveriam ser esquecidos, mas será que não há espaço para os atuais. Até quando vamos viver do passado? Se o presente não valer de nada, então futuro algum será construído.

    Não importa o quanto de literatura fantástica publiquemos, a leitura no Brasil não mudará enquanto o povo não mudar, enquanto a nossa educação( que em sua maioria está longe de ser grande coisa) não alterar a sua fórmula. Se as esolas não fizerem esse papel fundamental, o surgimento de jovens leitores no Brasil será muito devagar.

    Se não fosse a influência "Harry Potter", acho que os leitores do país cairiam 1/3. Mas será que precisamos depender de "fenômenos de leitura" para alavancar novos leitores do páis? São essas coisas que poderíamos começar a mudar. E o aprendizado de uma nova forma sobre literatura seria um ótimo pontapé para tais mudanças.

    Claro que também há muitas outras questões que atrapalham uma imagem ideial para a literatura nacional, como as próprias editoras, preços de livros... e sei lá mais quantos obstáculos nós temos.
    avatar
    Leonardo Schabbach
    Admin

    Mensagens : 879
    Data de inscrição : 20/02/2010
    Idade : 32
    Localização : Rio de Janeiro

    A questão da literatura de fantasia no cenário nacional Empty Re: A questão da literatura de fantasia no cenário nacional

    Mensagem por Leonardo Schabbach em Seg Mar 08, 2010 6:47 pm

    Jacob Galon escreveu:Não pude ler tudo o que já escreveram, mas sem dúvida todos os fatores que citaram ajudam a compor a resposta para o 'dilema'.

    Eu vejo que a inferiorização da literatura fantástica no Brasil se deu, em grande parte, por conta de uma visão teórica estranha de que "literatura fantástica não é literatura". Essa visão que se tinha acabou influenciando, e muito, na posição das editoras e até mesmo na produção de obras do gênero, que por muito tempo foi quase nada(ou ao menos não chegou aos nossos ouvidos); há alguns contos fantásticos do Moacyr Scliar, que felizmente salvaram a fantasia (o termo talvez seja inapropriado, mas podemos entender) do nada absoluto. E embora a visão esteja mudando, graças ao "ressurgimento" da literatura fantástica como um todo, ainda se discute muito pouco, academicamente, sobre o gênero. Quem fez ou faz um curso de Letras sabe do que estou falando. Quanto de literatura fantástica foi abordado nas aulas? Quantas monografias e teses são produzidas a respeito?

    Tive a felicidade de estudar literatura de língua inglesa com professores que ao menos especializaram-se fora, e por isso a visão deles já era bem diferente. Pude estudar um pouco, inclusive, a discussão teórica que existe sobre literatura fantástica. Mas, infelizmente, ainda não é assim que funciona na maioria dos meios.

    Mas, independente de tudo isso, nós mesmos é que podemos mudar esse cenário. Leitores ou escritores, cabe a nós aproveitar o momento favorável para deslanchar de vez o gênero no qual ainda estamos engatinhando.

    Exato. Esse é um ponto crucial, no qual gosto muito de falar também. A literatura aqui no Brasil se tornou quase que dividida em introspectiva, ao estilo Clarice Lispector (dramas pessoais, familiares e etc...), envolta em relações familiares e de traição, ao estilo Machado de Assis, ou então voltada a falar do povo brasileiro, em especial o nordeste (Guimarães Rosa, Graciliano Ramos). A literatura fantástica de fato foi completamente excluída, como se fosse um gênero secundário. A maioria ainda olha assim. Muito dificilmente um autor de literatura fantástica no Brasil será encarado com bons olhos pela crítica, mas isso é uma coisa que teremos de tentar mudar. Enfim, é uma situação complexa e chata, mas é assim.


    _________________
    Confira o Na Ponta dos Lápis: meu blog com tudo sobre literatura.

    E leia também o projeto O Legado, uma história de fantasia.
    mayarend
    mayarend

    Mensagens : 56
    Data de inscrição : 15/04/2010
    Idade : 32
    Localização : RS

    A questão da literatura de fantasia no cenário nacional Empty Re: A questão da literatura de fantasia no cenário nacional

    Mensagem por mayarend em Sex Abr 16, 2010 4:01 pm

    Olha, não sei se já foi falado aqui, mas tem toda uma questão de fábulas e tradição que falta no Brasil.
    Por exemplo, na Europa, há toda a história mitológica que é amplamente utilizada na ficção - pelo menos os MEUS autores favoritos de fantasia / fantasia histórica são britânicos...
    Vampiros até é mais fácil escrever, pois é uma questão mais "em qualquer lugar em qualquer era" mas a fantasia "a lá Tolkien" (dragões, cavaleiros, sagas, etc) é bem mais complicada...
    Aqui não temos nada de mitologia do passado... Afinal, convenhamos, ninguém quer ouvir/escrever sobre as sofríveis lendas indígenas que são passadas para nós.. E muito mal passadas!

    Nem Crepúsculo é tão bem assimilado no Brasil quanto fora daqui. É maravilhosamente assimilado, mas ainda deixa a desejar ao fanatismo norte-americano.

    Acredito que existe uma resistência muito grande dos brasileiros em relação à ficção fantástica, por não ser de nenhuma forma relacionado à nossa história e nossa realidade (climática, geográfica, etc).


    Ah sim, vale dizer que eu já lia Agatha Christie com 11 anos, com 8, 9 achava os livros da biblioteca da escola (que ia apenas até 5ª série) muito infantis...
    Mas foi apenas aos 13 anos, na 8ª série, quando minha professora recomendou Harry Potter que entrei fundo nos livros.. Em menos de um ano estava lendo Senhor dos Anéis Wink
    avatar
    Leonardo Schabbach
    Admin

    Mensagens : 879
    Data de inscrição : 20/02/2010
    Idade : 32
    Localização : Rio de Janeiro

    A questão da literatura de fantasia no cenário nacional Empty Re: A questão da literatura de fantasia no cenário nacional

    Mensagem por Leonardo Schabbach em Sex Abr 16, 2010 4:47 pm

    Eu não sei, eu acho que as pessoas aqui se interessam sim por livros de fantasia, mesmo que não utilizando as crenças mais brasileiras. Acho que antigamente isso que você falou valia mesmo, hoje, com um monte de filmes, globalização e tudo mais; os dragões e muitos outros seres fantásticos foram absorvidos por nossa cultura também, os jovens se interessam. Por isso a recepção boa de Harry Potter e outras séries.

    Agora, a recepção de Crepúsculo, como você citou, na verdade foi até boa demais aqui no Brasil, assim como a de Harry Potter. Não é à toa que a autor de Crepúsculo veio para cá, que Harry Potter faz diversas promoções aqui. Claro que a recepção não é a mesma que nos EUA, mas lá isso se dá muito mais por uma questão de ser um povo muito mais consumista do que nós do que por motivos de o livro estar ou não adaptado à cultura do país, ao menos em minha opinião.


    _________________
    Confira o Na Ponta dos Lápis: meu blog com tudo sobre literatura.

    E leia também o projeto O Legado, uma história de fantasia.
    NadineCris
    NadineCris

    Mensagens : 22
    Data de inscrição : 15/04/2010
    Idade : 31
    Localização : Curitiba

    A questão da literatura de fantasia no cenário nacional Empty Re: A questão da literatura de fantasia no cenário nacional

    Mensagem por NadineCris em Sex Abr 16, 2010 10:47 pm

    Por tudo o que li aqui, vejo que devem existir autores de fantasia brasileiros, ainda que iniciantes ou nao tao conhecidos, mas nao ha um incentivo a eles, nem uma divulgação por parte das escolas, etc.

    Outro ponto são as escolas, onde ainda se prioriza demais autores muito antigos, nao que nao sejam bons, mas que nao tem uma linguagem facil e que acabam sendo tachados de chatos e afastam ainda mais os brasileiros a procurarem autores aqui do país.

    E devo dizer que, mesmo quem lê gêneros diferentes, gosta muito, também, das historias de fantasia. Elas nos fazem utilizar nossa imaginação e se divertir lendo.
    Mas os autores internacionais tem muito mais fama com esse tipo de literatura e, vou confessar: as historias sao mesmo demais..rsr
    De autores brasileiros o unico que posso citar, que lembro no momento é Andre Vianco, e ainda que so li um livro dele (Os Sete)

    Leonardo, eu concordo com você, quando diz que os americanos fazem a fama dos livros mais por consumismo.
    E acredito que, aqui no Brasil, gostamos demais de livros de fantasia. Mas os brasileiros, quando gostam mesmo de alguma serie se apegam fortemente a ela, com uma afetividade enorme(sera que to falando de mim mesma??hahah)...e que nos torna grandes fãs de series.
    avatar
    Leonardo Schabbach
    Admin

    Mensagens : 879
    Data de inscrição : 20/02/2010
    Idade : 32
    Localização : Rio de Janeiro

    A questão da literatura de fantasia no cenário nacional Empty Re: A questão da literatura de fantasia no cenário nacional

    Mensagem por Leonardo Schabbach em Sex Abr 16, 2010 10:51 pm

    Sim, sim. Acredito que no Brasil o pessoal se apegue muito as séries sim, não só de literatura. O brasileiro costuma ser muito mais emocional do que os outros povos. Depois de se conectar com alguma coisa de verdade, ele tende a realmente se apegar àquilo.


    _________________
    Confira o Na Ponta dos Lápis: meu blog com tudo sobre literatura.

    E leia também o projeto O Legado, uma história de fantasia.
    anachaves
    anachaves

    Mensagens : 12
    Data de inscrição : 21/04/2010
    Idade : 52
    Localização : RIO DE JANEIRO

    A questão da literatura de fantasia no cenário nacional Empty Re: A questão da literatura de fantasia no cenário nacional

    Mensagem por anachaves em Qua Abr 21, 2010 1:11 pm

    EU PESSOALMENTE SOU PROFESSORA DO ENSINO FUNDAMENTAL E QUANDO DOU AULA PARA AS TERCEIRAS QUARTAS SÉRIES SEMPRE INDICO LIVROS E EMPRESTOS OS MEUS. OS MEUS LIVROS DO HARRY POTTER ESTÃO UM LIXO!!!! MAS ME SINTO MUITO FELIZ POR TEREM PASSADO NAS MÃOS DE MUITO ALUNOS MEUS...O MESMO ESTÁ ACONTECENDO AGORA COM PERCY JACKSON E OS OLIMPIANOS.OS ALUNOS SEMPRE PERGUNTAM,QUEREM SABER DO QUE SE TRATA E AGENTE INCENTIVA...MUITAS VEZES JÁ OCORREU DE UMA MÃE OU OUTRA IR AO COLÉGIO PEDINDO QUE NÃO EMPRESTE ESTES LIVROS PARA SEU FILHO...FAZER O QUE... MAS NO GERAL, CONSIGO UM NÍVEL DE INTERESSE POR PARTE DE ALGUNS ALUNOS. A questão da literatura de fantasia no cenário nacional Icon_study
    avatar
    Leonardo Schabbach
    Admin

    Mensagens : 879
    Data de inscrição : 20/02/2010
    Idade : 32
    Localização : Rio de Janeiro

    A questão da literatura de fantasia no cenário nacional Empty Re: A questão da literatura de fantasia no cenário nacional

    Mensagem por Leonardo Schabbach em Qua Abr 21, 2010 1:41 pm

    Eu, hein, mães malucas, hehehe. Acho muito infeliz que algumas reclamem. Mas acho MUITO legal a sua iniciativa. Muito legal mesmo.

    Só uma coisa Ana, tenta não escrever com o CAPS LOCK ligado o tempo inteiro, com letras maísculas, é que isso incomoda um pouco muita gente na hora da leitura. Escrever somente com letras maísculas na internet é mais ou menos como se você estivesse "gritando" e tal, hehe. Só um toque.


    _________________
    Confira o Na Ponta dos Lápis: meu blog com tudo sobre literatura.

    E leia também o projeto O Legado, uma história de fantasia.
    anachaves
    anachaves

    Mensagens : 12
    Data de inscrição : 21/04/2010
    Idade : 52
    Localização : RIO DE JANEIRO

    A questão da literatura de fantasia no cenário nacional Empty Re: A questão da literatura de fantasia no cenário nacional

    Mensagem por anachaves em Qua Abr 21, 2010 2:06 pm

    Sem problema, falta de costume mesmo... A questão da literatura de fantasia no cenário nacional Icon_rolleyes
    avatar
    Leonardo Schabbach
    Admin

    Mensagens : 879
    Data de inscrição : 20/02/2010
    Idade : 32
    Localização : Rio de Janeiro

    A questão da literatura de fantasia no cenário nacional Empty Re: A questão da literatura de fantasia no cenário nacional

    Mensagem por Leonardo Schabbach em Qua Abr 21, 2010 2:07 pm

    Nada, só dando um toque ^^. Legal que tenha gostado do fórum! E legal suas iniciativas, é importante esse incentivo nas escolas, como já falamos por aqui.


    _________________
    Confira o Na Ponta dos Lápis: meu blog com tudo sobre literatura.

    E leia também o projeto O Legado, uma história de fantasia.
    NadineCris
    NadineCris

    Mensagens : 22
    Data de inscrição : 15/04/2010
    Idade : 31
    Localização : Curitiba

    A questão da literatura de fantasia no cenário nacional Empty Re: A questão da literatura de fantasia no cenário nacional

    Mensagem por NadineCris em Qui Abr 22, 2010 1:22 pm

    agora que vc falou, me lembrei de uma coisa: as vezes da vontade de ter todos os livros igual no começo...todos bonitinhos e novinhos. Mas quando chego em casa e pego um deles pra ver, sinto ate um orgulho por eles estarem um pouco acabados, pois isso signiofica que ele foi muito usado. Também já emprestei diversas vezes e acho que agora eles estao mais lindos do que antes...rsrs

    E falando em Percy Jackson, eu amei os livros! Rick Riordam achou um jeito de unsinar historia grega de um jeito maravilhoso. Ate aprendi muitas coisas que não sabia e relembrei outras. muito bom, mesmo.
    Michel Filipe
    Michel Filipe

    Mensagens : 129
    Data de inscrição : 25/05/2010
    Idade : 26
    Localização : Buritizeiro

    A questão da literatura de fantasia no cenário nacional Empty Re: A questão da literatura de fantasia no cenário nacional

    Mensagem por Michel Filipe em Qua Jun 02, 2010 5:53 pm

    Realmente é uma questão a ser analisada minuciosamente. Olha, na minha escola finalmente eles perceberam que se não mudassem as opções de livros para pegar emprestado eles poderiam fechar a biblioteca. Era muito pouca freqüentada e até hoje é. Mas não como antes. Eles começaram a comprar livros, infelizmente de não-ficção, mas bons, como “A cidade do sol” e “O menino do pijama listrado”. Eu gostei da iniciativa deles e até comentei com a bibliotecária, levei um susto quando ela concordou comigo quando eu disse que estava passando da hora em atualizar os livros da biblioteca.



    Há também a questão, que nas bibliotecas das escolas, não se vêm muitos livros de ficção nas prateleiras. Confesso que comecei a gostar de ler de verdade quando li o livro de Neil Gaiman – Coraline. Senti algo que nunca sentira antes e logo depois descobri que era o amor pela leitura. Procurei por mais livros do gênero, mas achei somente um “O Grande labirinto” de Fernando Savater (que também é uma ótima leitura). Bem, depois disso nunca mais encontrei um livro interessante na biblioteca para ler. Agora, quando alguém diz que odeia ler, eu converso com ela dizendo que na verdade ela não odeia ler, ela simplesmente não achou o estilo literário que gosta. Pois existe uma coisa que as escolas devem aprender é que não há leitura inútil. Qual quer texto como revistas, quadrinhos, romances de ficção, de não-ficção, não importa, melhora nosso português. É leitura, é aprendizado.



    Mas entrando um pouco mais na temática, um livro de ficção brasileiro que eu vi foi “Dragões de éter” de Raphael Draccon, eu o encontrei em uma livraria, mas infelizmente eu não tinha dinheiro para comprar. Deve ser bom. Quem já o leu poderia me informar um pouco sobre o livro.



    Então é isso. Os livros brasileiros são bons, talvez bons até de mais. A questão é que as editoras deveriam tomar vergonha na cara é publicar os livros fantásticos do Brasil. Nós não devemos nos limitar em ser só o país do futebol e do samba. Mas também do país da leitura. Da ficção se for possível.
    avatar
    Leonardo Schabbach
    Admin

    Mensagens : 879
    Data de inscrição : 20/02/2010
    Idade : 32
    Localização : Rio de Janeiro

    A questão da literatura de fantasia no cenário nacional Empty Re: A questão da literatura de fantasia no cenário nacional

    Mensagem por Leonardo Schabbach em Sex Jun 04, 2010 6:56 pm

    Cara, não sei em qual tópico, mas já discutiram esse livro aqui sim, pra falar a verdade acho que tem um tópico sobre ele, dá uma procurada. É que eu to super atarefado, senão linkava aqui para você.

    Esses últimos dias têm sido uma correria só. Agora, já foi discutido esse Dragões de Éter sim.


    _________________
    Confira o Na Ponta dos Lápis: meu blog com tudo sobre literatura.

    E leia também o projeto O Legado, uma história de fantasia.
    CalvinCosta
    CalvinCosta

    Mensagens : 39
    Data de inscrição : 19/05/2010
    Idade : 26
    Localização : Minha casa

    A questão da literatura de fantasia no cenário nacional Empty Re: A questão da literatura de fantasia no cenário nacional

    Mensagem por CalvinCosta em Sex Jun 04, 2010 8:28 pm

    Leonardo Schabbach escreveu:Cara, não sei em qual tópico, mas já discutiram esse livro aqui sim, pra falar a verdade acho que tem um tópico sobre ele, dá uma procurada. É que eu to super atarefado, senão linkava aqui para você.

    Esses últimos dias têm sido uma correria só. Agora, já foi discutido esse Dragões de Éter sim.

    Passando aqui só pra ajudar xD

    Creio que o link que você disse, seja este:

    Aqui =D

    Conteúdo patrocinado

    A questão da literatura de fantasia no cenário nacional Empty Re: A questão da literatura de fantasia no cenário nacional

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui Nov 21, 2019 2:11 pm